Você está aqui

Reportagens

Momento gasífero por excelência

A cidade de Santos vive um momento gasífero por excelência. Ao mesmo tempo em que acompanha as descobertas de campos de petróleo e gás na Bacia de Santos, assiste a perfuração de ruas e avenidas para instalação das redes da Comgás. A empresa deve começar a distribuir o combustível em julho de 2008, marcando seu retorno à Baixada Santista. Além de tornar o gás natural melhor conhecido, a Comgás procura superar qualquer receio de que a memória do acidente de 1967 atrapalhe no desenvolvimento do mercado.

O gás natural e a CESPEG

A CESPEG é a Comissão Especial de Petróleo e Gás, criada pelo Governo do Estado de São Paulo para responder às demandas e as necessidades do Estado quando do início da exploração da Bacia de Santos. A preocupação fundamental desta Comissão é tentar antecipar uma série de demandas de nosso Estado, bem como tentar estabelecer políticas na distribuição deste gás, já que por esta distribuição se tratar de concessão estadual, diz respeito à própria atuação do governo do Estado.

Software para Dimensionamento de Instalações Internas de Gás Natural

Com o objetivo de auxiliar projetistas do segmento de gás natural, foi especialmente desenvolvida pela Comgás, em parceria com o IEE/USP, no âmbito do programa de P&D da ARSESP, uma ferramenta de cálculo para o dimensionamento de instalações internas residenciais e comerciais de gás natural. Este instrumento é o "Software para Dimensionamento de Instalações Internas de Gás Natural", que permite aos seus usuários realizar e avaliar o dimensionamento de forma ágil, adequada e com confiabilidade.

O que é P&D?

P&D é a sigla para "Pesquisa e Desenvolvimento". Os projetos de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico fazem parte do Programa Anual de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico e de Conservação e Racionalização do Uso do Gás Natural.
Conforme previsto nos contratos de concessão, as Concessionárias de Serviços Públicos de Distribuição de Gás Canalizado do Estado de São Paulo têm obrigação destinar recursos para pesquisa, para desenvolvimento tecnológico, bem como em ações de eficiência energética e segurança.

O gás natural e a CESPEG

A CESPEG é a Comissão Especial de Petróleo e Gás, criada pelo Governo do Estado de São Paulo para responder às demandas e as necessidades do Estado quando do início da exploração da Bacia de Santos. A preocupação fundamental desta Comissão é tentar antecipar uma série de demandas de nosso Estado, bem como tentar estabelecer políticas na distribuição deste gás, já que por esta distribuição se tratar de concessão estadual, diz respeito à própria atuação do governo do Estado.

Cátedra do Gás lança livro "Coletânea Masterinstal de Gases Combustíveis"

Ocorreu no dia 20 de outubro o evento de premiação da 4º edição do Prêmio Masterinstal, celebrado no auditório da FIESP. Por ocasião do evento, de grande importância no setor de instalações, a Cátedra do Gás promoveu o lançamento do livro "Coletânea Masterinstal de Gases Combustíveis", uma compilação de cases vencedores das três últimas edições do prêmio (2006, 2007, 2008).

DVD-ROM Tour do Gás marca presença na 8ª edição da FEBRACE

O DVD-ROM Tour do Gás esteve exposto na mostra de projetos finalistas da FEBRACE 2010, (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) nos dias 9 e 10 de março, na Tenda FEBRACE, montada na Escola Politécnica da USP.

Poema sobre o Gás Natural

Poema sobre o gás natural de autoria de Luiza Barros Reis Soezima e Stephani Caroline H. da Silva, alunas do 3.o ano da turma de Exatas do Colégio Bandeirantes.

Ouro Negro...
Sob a atuação
Dos milênios
De ti extraímos
O que mais queremos
Energia!

A importância da qualidade e da segurança nas instalações de gases combustíveis

A Cátedra do Gás conversou com José Jorge Chaguri, membro do Conselho Deliberativo da Abrinstal (Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações), que nos falou sobre a importância da segurança e eficiência nas instalações, além de nos explicar os objetivos do Qualinstal, o sistema de Qualificação de Empresas Instaladoras.

Conferência Internacional sobre Gás Natural Liquefeito

Em 2013 será realizada a 17th conferência internacional sobre Gás Natural Liquefeito (GNL). A conferência é considerada como o evento mais importante sobre o tema realizado no mundo.

A conferência de 2013, prevista para ocorrer entre os dias 16 a 19 de abril em Texas nos Estados Unidos, contará com mais de 5.000 profissionais de 80 países, que tratarão sobre todos os temas que envolvem a indústria do GNL.

Comgás celebra seu 140º aniversário

O dia 30 de outubro de 2012 ficará na história da cidade de São Paulo. Foi celebrado o 140º Aniversário da Comgas. Imaginem! Assim como as pessoas, quantas empresas brasileiras têm a felicidade de festejar primaveras centenárias com um espírito tão jovial?

ISO 50001 e Gestão de Energia

Lançada em 7 de junho de 2011, a ISO 50001 estabeleceu um sistema que permite a empresas (comerciais ou industriais) desenvolver uma política de gestão de energia. A norma especifica requisitos para estabelecer, implementar, manter e melhorar um sistema de gestão de energia, cujo objetivo é permitir a uma organização seguir uma abordagem sistemática para alcançar a melhoria contínua do desempenho energético, incluindo a eficiência energética e o uso da energia.

Comentários da Cátedra sobre o Mundo do Gás

Semanas agitadas no mundo do Gás no Brasil e no Mundo. A Cátedra comenta dois tópicos que se revelam particularmente intrigantes:

15 Anos da Lei do Petróleo

Neste ano de 2012, a Lei Federal nº 9.478, conhecida como Lei do Petróleo, completou 15 anos de sanção. Esta lei reorganizou as diretrizes da indústria de petróleo no Brasil, permitindo a empresas estrangeiras o exercício de atividades de exploração, produção, refino e transporte do energético no país. A lei também foi responsável por instituir a ANP, órgão regulador da indústria petroleira que, além de definir as diretrizes da participação do setor privado, também fiscaliza suas atividades.

A realidade dos sistemas de monitoramento e controle das redes de gás natural brasileiras

No dia 31 de janeiro de 2012 foi realizado em São Paulo um seminário sobre telemetria em redes de gás natural durante o evento Brazil Gas Congress 2012.

O evento contou com a participação de empresas fornecedoras de sistemas de telemetria e companhias de distribuição de gás, que puderam compartilhar suas experiências e avanços sobre o tema.

USP inicia atividades de seu novo câmpus na cidade de Santos

Semanas agitadas no mundo do Gás no Brasil e no Mundo. A Cátedra comenta dois tópicos que se revelam particularmente intrigantes:

Acidente em SC e segurança de suprimento de gás

Edmilson Moutinho dos Santos*, Murilo Fagá* e Paul Poulallion**

Novas estratégias para um momento de expansão da indústria

Cátedra do Gás realizou seminário sobre instalações residenciais nos dias 4 e 5 de novembro

As barreiras de suprimento de gás natural devem ser eliminadas nos próximos anos, graças ao aumento da produção nacional na Bacia de Santos e às reservas do Pré-Sal. Paralelamente, também tende a crescer a oferta de gás liquefeito de petróleo (GLP).

Aquecedor a gás ainda é item de luxo

Instalação de sistemas não se verifica nos apartamentos direcionados às famílias de baixa renda

Nível zero de acidentes

Com inspeções anuais de aquecedores antigos e aprimoramento constante das leis, Japão já está perto da meta

Comgás inicia distribuição de gás na Baixada Santista

A Comgás acaba de inaugurar as primeiras ligações de gás natural na cidade de Santos. Na solenidade promovida para oficializar a chegada do gás no município, o diretor de Mercado Residencial e Comércio da distribuidora, Marcus Bonini, destacou a importância e a grandiosidade do projeto. Até agora, 75 quilômetros de redes de distribuição já foram instalados. A perspectiva é atingir 200 quilômetros no próximo ano.

Gás natural pode substituir 35% da eletricidade em fábrica de autopeças

Pesquisa também identifica oportunidades de troca de energéticos na produção de medicamentos e cosméticos

Gás natural já é tendência na decoração

Presença de equipamentos a gás nas feiras de design mostra interesse dos arquitetos e colabora para a criação de uma cultura do gás

Nos EUA, desafio é aumentar espaço nos sistemas de aquecimento

A substituição de sistemas de aquecimento a óleo ou elétricos por modelos a gás natural no setor residencial é um dos principais desafios da Philadelphia Gas Works (PGW), empresa municipal de distribuição de gás natural da Filadélfia, nos Estados Unidos. Esse é um dos temas tratados pela vice-presidente de relações com os consumidores da PGW, Cristina Coltro, em entrevista exclusiva à Cátedra do Gás.

Seguro contra eventual falta de gás natural

Cálculos para a instalação de sistema de back up devem levar em conta custo de interrupção da produção

Embora o fornecimento de gás natural deva estar normalizado nos próximos anos - com o crescimento da produção, o aumento da malha de gasodutos e a importação de GNL -, indústrias dependentes do combustível não querem correr o risco de ficar paradas como aconteceu com algumas fábricas no final do ano passado no Rio de Janeiro.

Síndrome da escavadeira maluca também pode exigir back up

Instalações também protegem contra acidentes na rede; no futuro, poderá ser ferramenta de gestão de energia

Formação de mão-de-obra

Além de disputar espaço com a eletricidade nos usos finais, o gás natural também precisa brigar por espaço no ensino superior. Especialistas do setor indicam deficiências nos currículos de faculdades de engenharia que dificultam a formação de profissionais capacitados para atuar na indústria do gás. A formação acaba tendo de ser complementada por meio de cursos específicos ou ações das empresas. Já no nível técnico, verifica-se uma procura crescente pelas vagas em paralelo a um esforço do setor por garantir a qualidade da formação profissional.

Distribuição de gás para residências e comércio

Embora apresentem grande diversidade de aplicação, os segmentos residencial e comercial de gás natural ficaram fora do foco inicial da maioria das distribuidoras porque a opção natural das empresas é ligar, num primeiro momento, os consumidores que utilizam maiores volumes de gás, como indústrias e termoelétricas às redes de distribuição. Não é à toa que mais de 80% do combustível comercializado hoje é destinado a essas aplicações. Mas, paralelamente aos grandes projetos, começam a aparecer esforços para a introdução do gás nos segmentos de menor consumo.

Plano de Contingenciamento de gás natural

Desde o início de 2005, o governo federal está discutindo formas de lidar com um eventual corte no fornecimento de gás natural para o mercado. O tema foi incluído como um capítulo especial do Projeto de Lei do Gás hoje em discussão no Congresso Nacional. A perspectiva é que, em caso de falta de gás, o Comitê de Contingenciamento – cuja criação está prevista no projeto – defina a distribuição de eventuais reduções na oferta de gás de forma isonômica, respeitados os consumos prioritários e as condições logísticas.

Usando o gás com racionalidade e eficiência

A falta de gás natural no final de outubro colocou em dúvida a forma como o combustível tem sido usado no país. É necessário definir quais são seus usos prioritários, tendo em vista o aproveitamento do combustível da maneira mais eficiente. Veja o que dizem os especialistas a respeito dos atuais usos e suas sugestões.

Para Comgás, falta de gás se deve ao setor elétrico

Presidente da empresa critica subordinação do setor de gás natural ao setor elétrico